sexta-feira, 29 de maio de 2009

A colina do velho sentado

Observe...
O velho, vulgo filósofo, levantou-se do lugar que estava sentado já há três anos passados, no caso o alto de uma colina. Observou com olhar vago o grupo que encontrava mais abaixo do local. “Seguidores”, pensou ele. Levantou o dedo indicador para o céu e proferiu as seguintes frases:

1- Um estranho pássaro nasce de um ovo um pouco fora do comum, esse pássaro se diz melhor que os outros e realmente leva certa vantagem, sendo assim sua prole é grande e sua espécie é levada adiante.

2- Há poucas pessoas que realmente observam e entendem o mundo, que tem uma visão ampla das coisas, esses são os iluminados.

3- Por trás de tudo há sempre alguém editando as coisas do jeito que melhor lhe convêm, do jeito em que num futuro seu grupo possa estar observando tudo de cima.

4- Nada que morre se torna perpétuo. Só a vida de quem está vivo poderia ser imortal; mas não o é.

5- Conhecemos pessoas em nossas vidas que poderiam e merecem se tornarem imortais.

6- A grande lógica por trás de tudo é que os mistérios não existem, são criados pelo próprio homem para confundir o próprio homem.

7- A simplicidade da vida leva a felicidade, pensar demais leva a loucura; pensar com clareza leva a iluminação. A iluminação leva a simplicidade.

8- Um homem não pode se tornar um deus por si próprio, seus semelhantes é que podem elegê-lo para o tal.

9- A grande forma de levar uma pessoa a clareza é sempre questionar as leis do mundo e as leis do homem. Apenas as leis da natureza são inquestionáveis.

10- Ter em mente que podemos aprender muito com pessoas melhores que a gente é uma grande forma de crescimento.

11- Tudo chega a um fim, essa é uma lei da natureza. A raça do pássaro estranho está perto do fim. Temos que nos conformar com o fim das coisas e levar a vida adiante.

Após isso o velho se deitou e morreu.
Seus observadores, ou “seguidores”, claramente não entenderam nada do que o velho disse. Pois um deles era um cachorro vira-lata, o outro um bode chamado Lulu e o terceiro um estranho rato de cor verde.

2 comentários:

Isadora disse...

agora to entendo pq esse rato verde era tão especial....

Mateus Henrique Zanelatti disse...

Hum... ele ainda tem história.

::)